Psiconlinews
Shares

12 Maneiras de Identificar um Misógino

Shares

Por Berit Brogaard.
misógino

Os misóginos. Você já deve ter ouvido falar deles. Mas o que você pode não ter percebido é que eles podem estar bem próximos de você. Eles são bem difíceis de detectar, não vêm com uma etiqueta presa e podem até parecer pró-mulheres.
Na maioria dos casos, misóginos nem sequer sabem que odeiam mulheres. A misoginia é tipicamente um ódio inconsciente que alguns homens formam no início da vida, muitas vezes como resultado de um trauma envolvendo uma figura feminina que confiavam. Uma mãe, irmã, professora ou namorada abusiva ou negligente pode plantar uma semente e dar início à formação de uma crença.


Uma vez plantada, esta semente vai germinar e crescer, a pequena raiz vai expandir seu caminho para as áreas de processamento do medo e da memória, afetando as emoções e a tomada de decisão racional.
Os primeiros sinais de misoginia são quase imperceptíveis, mas com a constante exposição à negligência, abuso ou falta de tratamento, esta semeadura comportamental vai crescer e se tornar cada vez mais proeminente. Mas mesmo quando a misoginia atinge a maturidade, e a tendência odiar mulheres já não pode mais ser controlada, o misógino e as mulheres à sua volta, muitas vezes, não conseguem perceber a condição até que seja tarde demais.
As seguintes características são típicas do misógino:

 

Ele irá se concentrar em uma mulher e escolhe-la como seu alvo. Suas defesas naturais podem ser anuladas, porque, num primeiro momento, ele será gracioso, emocionante, divertido e carismático.
Conforme o tempo passa, ele começa a revelar uma personalidade oculta. Ele pode mudar rapidamente de carismático para rude, ou vice-versa.






Ele vai fazer promessas e, muitas vezes, não irá cumprir. Com os homens, por outro lado, ele quase sempre manterá sua palavra.
Ele vai se atrasar para compromissos e datas especiais com mulheres, mas será muito pontual com os homens.
Seu comportamento em relação às mulheres, em geral, é arrogante, controlador e auto-centrado.
Ele é extremamente competitivo, especialmente com as mulheres. Se uma mulher faz algo melhor do que ele, socialmente ou profissionalmente, ele se sente terrível. Se um homem faz algo melhor, ele pode ter sentimentos mistos sobre isso, mas será capaz de olhar para a situação objetivamente.
Ele não consegue tratar as mulheres de forma diferente dos homens em locais de trabalho e ambientes sociais, permitindo que os homens tomem liberdades para os quais ele não vai dar para mulheres.
Ele está preparado (inconscientemente) para usar qualquer coisa em seu poder que possa fazer as mulheres se sentirem mal. Ele pode exigir sexo ou negar sexo em seus relacionamentos, fazer piadas sobre mulheres ou colocá-las para baixo em público, roubar suas idéias em contextos profissionais sem dar-lhes o crédito, ou pedir dinheiro emprestado para elas e não pagar de volta.
Ele vai tratar as mulheres da maneira oposta de como elas gostam de ser tratadas. Se ela for uma senhora de estilo antigo, que prefere um “gentleman” que abre a porta para ela, pede para ambos e paga a refeição, ele irá tratá-la como um de seus amigos do sexo masculino: pede apenas para si mesmo e deixa para ela pagar por toda a refeição se ela se oferecer (e, por vezes, mesmo que ela não se ofereça). Se ela for um tipo mais independente, que prefere pedir sua própria refeição e pagar sua conta, ele grosseiramente vai pagar enquanto ela vai ao banheiro.



Sexualmente, ele gosta de controlar as mulheres e dá pouca ou nenhuma atenção para o seu prazer sexual. Se ocorrer preliminares, será apenas um meio necessário para atingir um fim. Ele gosta de sexo oral, mas apenas como um destinatário. Suas posições favoritas são aquelas que evitam o contato visual com a mulher.
Ele vai enganar a mulher com quem está namorando, ou em um relacionamento com ele. A monogamia é a última coisa que ele sente que deve a uma mulher.
Ele pode desaparecer de repente, partir de um relacionamento sem acabar com ele, mas pode voltar alguns meses mais tarde com uma explicação planejada para conquistar a mulher de volta

É raro que um misógino possua cada uma dessas características, o que torna mais difícil de identificá-los. A sua capacidade de atrair as mulheres com seu charme e carisma aumenta ainda mais a dificuldade de detectar os sinais de alerta precocemente.

 

Os odiadores (inconscientes) de mulheres conseguem disfarçar ainda melhor os seus maus tratos. Toda vez que eles falam mal das mulheres ou ferem seus sentimentos, eles inconscientemente se sentem bem, porque no fundo do seu cérebro, seu mau comportamento é recompensado com uma dose de dopamina, a substância do prazer, que os faz querer repetir o comportamento de novo e de novo .
Fonte: PsychologyToday traduzido e adaptado por Psiconlinews

About the Author Psiconlinebrasil

Tudo sobre psicologia e comportamento.

follow me on: