Psiconlinews
Shares

Os 10 hábitos mais comuns de pessoas Resilientes

Shares

É comum pensar que a resiliência nasce espontaneamente em algumas pessoas que precisam enfrentar situações adversas, mas ela não é uma característica que nasce com a pessoa e nem uma parte do temperamento dela. Resiliência é um processo em que o indivíduo entra numa dinâmica de interações com os outros e com o ambiente de modo a ser capaz de superar uma adversidade.





Em outras palavras, não se nasce com resiliência psicológica, mas se desenvolve e se aprende a manter.
É por isso que um dos pilares da pessoa resiliente está diretamente ligado aos seus hábitos. Estes hábitos característicos de pessoas treinadas em resiliência podem ser bastante variados e flexíveis.
Nomeamos dez que são aplicáveis à maioria dos casos.

Pessoas treinadas em resiliência…

1. Tomam medidas para melhorar a sua auto-estima

São capazes de reconhecer que o que fazem hoje muda a maneira de como percebem a si mesmos amanhã, por isso, orientam parte das suas ações para melhorar a auto-estima e a autoconfiança, fazendo isso de maneira mais ou menos consciente para garantir a eficácia destas tarefas constantemente.

2. Caem de cabeça em tarefas criativas

A criatividade é uma maneira de fazer com que todo o nosso pensamento se concentre em resolver um novo desafio. A percepção de criar algo original faz com que esse hábito seja altamente estimulante, e a sensação de ter concluído um trabalho que é único no mundo é altamente prazerosa. Pessoas resilientes gostam de trocar alguns costumes do dia por novidades que exigem um pouco mais de si mesmos.

3. Mantém uma atitude estoica quando convém…





As pessoas que desenvolvem uma boa resiliência são capazes de detectar situações onde fica praticamente impossível fazer uma mudança de contexto, seja a curto ou médio prazo. Isso possibilita que não sejam iludidas, mas focam e se esforçam para se adaptar a esta nova situação vendo-a como uma nova experiência.

4. …Mas não param de olhar para objetivos!

Aceitam as situações que, inicialmente, parecem ser esmagadoramente ruins, como por exemplo, o término de um longo namoro ou uma doença inesperada. Isso não significa que a partir daquele momento todos os aspectos da vida da pessoa estarão em torno do contexto negativo. Pessoas resilientes mostram tendência para tirar proveito da atenção seletiva: em vez de ficar o dia todo pensando nas coisas ruins que acontecem, focam nos objetivos. Afinal de contas, definir metas com um significado pessoal, por mais insignificante que possa parecer, nos permite gerir bem os nossos hábitos e assumir o controle de nossas ações. A resiliência é, em parte, direcionada para o horizonte do possível.

5. Cercam-se de pessoas com atitudes positivas…

Pessoas resilientes são, entre outras coisas, pessoas que passaram por uma situação difícil e que, ao lidar com tal situação, aprenderam a treinar sua própria gestão emocional. Elas assumem a existência de uma fonte de tensão e não tentam ignorar ou suprimir a memória, simplesmente desviam a atenção procurando sempre ter uma atitude positiva em relação a pessoas.
Se envolver com uma comunidade receptiva e apoiar seus membros, é uma boa maneira de facilitar a gestão das emoções. Fazer com que haja um fluxo de otimismo e desejo de superação pessoal vai desde o ambiente em que vive até dentro de si mesmo, dessa forma, tudo se torna mais fácil.

6. …mas também com todos os outros seres humanos!

Viver a vida normalmente não inclui se limitar a uma bolha de amigos e conhecidos com características específicas. Pessoas com um bom domínio de estratégias de enfrentamento não terão problemas em interagir com todos os tipos de pessoas de vez em quando.

7. Fazem coisas o dia todo


Menos quando dormem, é claro! Manter uma atitude ativa os ajuda a se concentrar em alcançar os objetivos desejados e isso tem um efeito positivo sobre a sua auto-estima e sobre a autoconfiança.

8. Praticam esportes e/ou algum tipo de meditação

Meditar traz vários benefícios como facilitar o desenvolvimento de pensamentos positivos e reduzir o estresse. Praticar um esporte também serve para relaxar e ganhar confiança. Ambos os hábitos são uma rotina de pequenas metas diárias.

9. Usam o bom humor para se capacitar

O humor é um recurso valioso para minimizar as coisas. Fazer piadas sobre algo relacionado a problemas pessoais é perfeitamente saudável, é uma resposta emocional excelente para aliviar o estresse. É claro que, como se trata de resiliência, devem ser piadas espontâneas e genuinamente engraçadas. Se fazer humor for uma tarefa auto-imposta, talvez se trate de um mecanismo de defesa usado para mascarar os sentimentos.

10. Reservam momentos para pensar sobre o que podem fazer a longo prazo

Enfrentar a adversidade significa olhar para além do estresse ou da tristeza, o que pode ser sentido por um longo tempo. Portanto, pessoas que começam uma resiliência dinâmica, planejam seus objetivos e tornam alguns deles projetos permanentes em longo prazo. Isso os ajuda a manter os pensamentos fixos sobre as coisas que podem ser mudadas e também sobre o fato de poder alterar o contexto, tornando mais fácil enfrentar situações negativas.

About the Author Taiz de Souza

Apaixonada por psicologia, se dedica a pesquisar continuamente os assuntos mais atuais e variados relacionados a psicologia a fim partilhar artigos interessantes e confiáveis a todos que apreciam.

follow me on: