Estudo: Uso do Facebook reduz a produtividade no trabalho

Shares

produtividade - trabalho sono mulher dormir insonia 20110901 original - Estudo: Uso do Facebook reduz a produtividade no trabalho

Pesquisa descobre que 77% dos usuários da rede social usam o Facebook durante o trabalho

Apenas alguns meses após um estudo ter decoberto que os usuários do Facebook tendem a tirar notas mais baixas na faculdade, um outro estudo descobriu que os usuários da rede social não estão tirando notas altas no trabalho também.





As empresas que permitem acesso ao Facebook no local de trabalho perdem uma média de 1,5% na produtividade total do funcionário, de acordo com um novo relatório da Nucleus Research, uma empresa de pesquisa de TI. O questionário feito com 237 funcionários também mostrou que 77% dos trabalhadores que têm uma conta no Facebook usam a rede social durante o horário de trabalho.

E “alguns” funcionários usam o site de rede social por até duas horas por dia no trabalho, segundo o estudo. A Nucleus Research não disse quantos trabalhadores se encaixam nessa categoria, mas notou que um em cada 33 dos trabalhadores pesquisados usa o Facebook apenas no trabalho.





Daqueles funcionários que usam o Facebook no trabalho, 87% disseram que não tinham nenhuma razão clara relacionada ao trabalho para usar o site.

“Se a sua empresa está enfrentando margens apertadas e baixa lucratividade, como muitas estão atualmente, então como você pode aceitar qualquer distração do trabalho que possa vir a drenar a sua produtividade global?” perguntou Rebecca Wettemann, vice-presidente de pesquisa da Nucleus Research, em um comunicado. “Enquanto isso não irá tornar você popular, restringir o Facebook pode recuperar a produtividade perdida. Se a sua rentabilidade é de 2%, isto poderia ser a diferença entre permanecer aberto ou fechar a loja.”





Em abril, um estudo divulgado pela Ohio State University mostra que os estudantes universitários que usam o Facebook gastam menos tempo estudando e tiram notas mais baixas do que os alunos que não usam a rede social. E quais alunos eram mais propensos a usar o Facebook? Bem, esses seriam os futuros administradores de sistemas e chefes.

Na semana passada, a empresa Nielsen Online informou que as pessoas passam mais tempo no Facebook do que em qualquer outro website. O estudo também observou que em torno de 88 milhões de usuários norte-americanos visita o Facebook em casa e no trabalho em um mês, e que cada uma dessas pessoas gastou uma média de 4 horas, 39 minutos e 33 segundos no site durante o mês.

Fonte: Computer World traduzido e adaptado por Psiconlinews

About the Author Rachel Hauser Davis

Leave a Comment: