Psiconlinews
Shares

16 temas que você precisa estudar para ser um psicólogo excelente

Shares

Se você se interessa por psicologia e está pensando em seguir carreira nesta área, veio ao artigo certo. A seguir vamos explicar os assuntos mais importantes a serem estudados para que você seja um profissional de sucesso:

A Psicologia é uma área muito ampla:





A Psicologia é um campo amplo, que envolve várias especialidades (Psicologia Clínica, Psicologia Organizacional, Psicologia Esportiva, etc) e as necessidades educativas variam de acordo com a área de especialização do aluno. Em resumo, a psicologia é uma disciplina que abrange muitas áreas, podemos falar sobre a história da psicologia, as descobertas que foram feitas a partir desta área, a sua relação com a neurociência, que nos ensinam sobre os processos cerebrais, nossa forma de interagir com os outros e tomar decisões, etc.

1. Bases biológicas do comportamento:





A base biológica do comportamento é uma área de estudo vital para a Psicologia, pois é através dela que conhecemos como ocorrem os processos mentais, qual a principal finalidade pela qual se propagam os impulsos nervosos, como é feita a conexão existente entre as partes do nosso cérebro e o nosso corpo, etc.  Ao longo da história da Psicologia é possível encontrar temas como psicobiologia ou psicofisiologia, porque para ser um bom psicólogo é necessário saber como ocorrem os processos mentais, seja na memória, na aprendizagem ou nas emoções, além de saber, entre outras coisas, como os neurônios funcionam.

2. Estatística e psicometria:

Geralmente os estudantes de Psicologia não gostam muito de números, mas o uso da estatística é uma parte muito importante da ciência. A Psicologia utiliza a estatística a fim de predizer o comportamento humano. Todo bom psicólogo deve dominar a área da psicometria, pois é uma disciplina que lida com o conjunto de métodos, técnicas e teorias envolvidas na medição e quantificação das variáveis psicológicas. E os testes são uma ferramenta extremamente necessária para os psicólogos.

3. História da Psicologia:





Para ser um bom psicólogo, a primeira coisa que você precisa ter é uma boa base teórica. É necessário conhecer a história dessa disciplina e ter clareza sobre o que é a psicologia, qual é o seu campo de estudo, quais são as principais questões abordadas dentro dessa área, além de saber quais são as principais escolas que ao longo dos anos permitiram que a Psicologia se consolidasse como ciência. Platão, Descartes, Freud, Skinner, Watson ou Brandura são algumas das figuras importantes que todo bom psicólogo deve conhecer a fim de entender os contextos históricos que fizeram a Psicologia evoluir.

4. Psicologia Social:

A psicologia social é um ramo da psicologia que estuda os processos psicológicos que influenciam no funcionamento da sociedade, a forma que são realizadas as interações sociais e como os processos sociais moldam a personalidade e as características de cada indivíduo. Os principais temas da psicologia social são a liderança e o preconceito. Através desses temas, entre outros, algumas pesquisas importantes dessa área podem ser encontradas, como por exemplo, “O Experimento da Prisão de Standford de Philip Zimbrado” e “O Experimento de Milgram: O Perigo da obediência e da autoridade”.

5.  Psicologia Clínica:

Desde o início da Psicologia, a Clínica tem sido uma das áreas mais importantes desta disciplina. Dentro da Psicologia clínica são estudados todos os elementos que envolvem os transtornos mentais, bem como a saúde mental em geral. Portanto, a Psicologia clínica executa todas as tarefas de avaliação, diagnóstico, prevenção e intervenção terapêutica em pessoas com algum tipo de transtorno mental a fim de restaurar o equilíbrio psicológico e melhorar o seu bem-estar.

6.  Psicologia do Desenvolvimento:

Este ramo da psicologia é responsável pelo estudo das mudanças comportamentais e psicológicas que as pessoas sofrem ao longo do seu ciclo de vida, ou seja, é o estudo das mudanças que ocorrem desde o nascimento até a morte. Quando essas mudanças são analisadas, várias áreas de estudo são consideradas, tais como: o meio físico pelo qual acontecem as mudanças biológicas determinantes para o crescimento físico, o meio cognitivo através do qual são analisadas as capacidades intelectuais, bem como a sua relação com o desenvolvimento do indivíduo, o meio social e a personalidade que se centram nas diferenças individuais e nas relações sociais em várias fases da vida: infância, adolescência, idade adulta e velhice.

7.  Psicologia da Personalidade:

Uma das principais áreas da psicologia é o estudo da personalidade. Esse tema já foi estudado por várias correntes da Psicologia, todas elas tentam explicar como se dá a formação da personalidade. A Psicologia da Personalidade leva em consideração as várias abordagens de psicologia, como por exemplo, a “Teoria da personalidade de Albert Brandura”, a ” Teoria da personalidade de Eysenck: o modelo PEN”, dentre outras.

8. Ética em Psicologia:

Além de adquirir o conteúdo teórico e prático, também é preciso conhecer os princípios éticos que regem o exercício dessa profissão, bem como estar ciente dos seus recursos e limitações. É preciso que você respeite a dignidade e a confiabilidade de seus pacientes. Portanto, uma de suas funções é utilizar os seus conhecimentos para promover o bem-estar humano e manter o sigilo profissional.

9. Avaliação psicológica:

Independentemente do seu campo de atuação, a avaliação psicológica é uma condição necessária para o exercício profissional de qualquer psicólogo. Um bom profissional deve ser capaz de dominar esse aspecto, seja para entender o desempenho organizacional de uma Instituição, para avaliar o tipo de personalidade do seu paciente, ou fazer uma avaliação do nível de inteligência de um estudante, por exemplo.

10. Neuropsicologia:

A Neuropsicologia está dentro das ciências neurológicas, é a disciplina que estuda a relação entre o cérebro e o comportamento dos indivíduos, tanto os disfuncionais quanto os comportamentos ditos normais. Este campo de estudo utiliza técnicas experimentais e testes que fornecem imagens das áreas cerebrais. Algumas questões importantes como: Como funcionam os neurotransmissores ou o que produz as afasias? São respondidas graças ao estudo da neuropsicologia.

11. Psicologia Diferencial:

Enquanto a psicologia geral estuda o comportamento comum a todos os seres humanos, os estudos da psicologia diferencial se voltam para o comportamento individual. Este ramo da psicologia é responsável pela descrição, previsão e explicação das variações interindividuais, comportamentos intergrupais e processos psicológicos. A psicologia diferencial inclui a psicologia da personalidade, além de incluir muitos outros elementos tais como: testes de QI, características biológicas relacionadas com o sistema imune, etc.

12. Psicologia de Grupos:

Apesar de que no início da disciplina a Psicologia em Grupo fosse considerada como parte da Psicologia Social, hoje em dia, devido à sua alta importância, ela já é estudada como uma área de estudo exclusiva. A maioria das faculdades estão cientes da importância dessa disciplina, que é obrigatória para a formação de um bom profissional. Mas não é só isso, muitos estudos de pós-graduação estão se concentrando sobre este assunto, este campo de estudo está se tornando cada vez mais importante, pois os comportamentos humanos não podem ser entendidos de forma isolada. A psicologia de Grupo centra-se na compreensão e explicação dos processos que ocorrem em grupos, as relações entre seus membros, a relação com ouros grupos, a formação do grupo, os seus papéis,  suas regras, a comunicação existente, etc.

13. Psicologia Linguística:

A forma mais importante de comunicação dos homens é a linguagem. A linguagem humana pode produzir um número ilimitado de mensagens e estabelecer um diálogo conexo. A Psicolinguística é uma disciplina em que o objeto de estudo é a relação estabelecida entre o conhecimento linguístico e os processos mentais que o envolvem.

14. Psicologia da Aprendizagem:

O comportamento humano não pode ser entendido sem antes compreendermos o modo como ele é aprendido. É através da aprendizagem que se adquire novos hábitos, habilidades, valores e conhecimento. O aprendizado está ligado intimamente com o desenvolvimento dos indivíduos. Algumas das teorias da aprendizagem mais importantes são: A teoria da Aprendizagem de Jean Piaget e a teoria Sócio-cultural de Lev Vygotsky.

15. Metodologia Experimental:

O estudo da metodologia experimental também faz parte do currículo acadêmico de um bom psicólogo, pois este deve conhecer os diferentes projetos de pesquisa, métodos de formulação e teste de hipóteses. Também é preciso saber como utilizar corretamente fontes documentais para desenvolver a capacidade de análise e crítica. Dessa forma você saberá como analisar e interpretar dados quantitativos e qualitativos de pesquisa, assim como relatórios e estudos de psicologia.

16. Especialização;

Os pontos acima se referem a diferentes disciplinas ou áreas de conhecimento obrigatórias e centrais na carreira de um Psicólogo, no entanto, a psicologia possui várias áreas de abordagem, e cada uma requer um conhecimento específico para que a profissão seja exercida da melhor maneira possível. Portanto, mesmo depois que você terminar os seus estudos, ainda há a especialização. Existem vários mestres nos quais você pode se inspirar para continuar crescendo tanto a nível acadêmico quanto profissional. Um bom profissional é aquele que nunca para de aprender, se você continuar estudando obterá a maestria em um campo tão peculiar que é a ciência do comportamento.

 

About the Author Psiconlinebrasil

Tudo sobre psicologia e comportamento.

follow me on: