Psiconlinews
Shares

20 coisas que as pessoas com ansiedade têm medo de contar aos seus amigos

Shares

Por: 

Muitas vezes não entendemos o que há por trás da ansiedade que nos afeta, apenas a sentimos. Às vezes ela nos faz perder eventos sociais. Às vezes a preocupação é tanta que só de pensar nos sentimos cansados. Às vezes, é necessário a reafirmação constante de que é amado, de que a sua amizade é valorizada, de que você vai ficar tudo bem.





Viver dessa maneira pode ser difícil de explicar para os seus amigos, então algumas pessoas simplesmente não o fazem, imaginando que é mais fácil manter suas bocas fechadas. Mas ficar em silêncio sobre sua ansiedade muitas vezes só aprofunda a lacuna entre você e os seus amigos, e você pode se surpreender com o que acontecerá se você se permitir explicar para um amigo como você se sente.

Para começar, nós perguntamos para um grupo de pessoas diagnosticadas com ansiedade para compartilhar conosco as coisas que elas mais temem dizer aos seus amigos.





Aqui está a lista que eles fizeram:

1. “Eu desejo desesperadamente da sua ajuda e apoio, mas estou com medo de parecer pegajoso ou assustá-los. Sinto-me totalmente sozinho, apesar de parecer bem e sorrir”.

2. “É um caos dentro da minha cabeça o tempo todo e os meus pensamentos seguem uma espiral fora de controle, me preocupo com coisas insignificantes. Estou cansado de ouvir as pessoas me dizerem para tentar pensar em outra coisa ou tentar não se preocupar com isso. Acredite, se eu tivesse essa escolha não estaríamos tendo essa conversa.

3. “Quando eu não quiser sair para uma festa ou não estar em um grupo, isso não significa que estou evitando-o. Eu só não quero ter um ataque de ansiedade e arruinar o seu tempo por conta disso”.

4. “Minha ansiedade me faz questionar tudo, deixando-me incapaz de realmente tomar uma decisão. É por isso que a maioria das vezes eu cancelo no último minuto ou simplesmente não apareço”.

5. “Estou solitário. Eu estou aterrorizado. É difícil pedir ajuda. Sinto-me inútil. Acho que só fingem gostar de mim.





6. “Eu busco a aprovação dos amigos e da família, mas estou tão receoso  pelo meu desejo de aceitação que acabo me afastando. Eu quero que entendam que vocês significam o mundo para mim e que eu confio em vocês para contar os meus problemas, mas eu também não quero que sintam pena de mim por causa disso. Tenho medo de dizer a vocês que estou me sentindo ansioso todos os dias porque temo que pensem que eu estou fingindo ou estou sendo muito dramático. Estou sempre em conflito com a maneira como me sinto, porque eu não quero que mudem a perspectiva sobre quem eu sou, mas isso é provavelmente apenas a minha ansiedade falando”.

7. “Sou muito amigável com todos – mas só quando estou online e sou capaz de me esconder atrás da internet. Pessoalmente, o que mais me assusta é dizer: “Estou tendo um ataque de pânico agora”. Escondo o meu pânico e qualquer sinal de ansiedade com todas as minhas forças e tento disfarçá-la aparentando tranquilidade, dando desculpas e se escondendo em banheiros. Chamar a atenção para o fato de que estou tendo um ataque do pânico é aterrorizante por si só”.

8. “Sinto-me sozinho. Totalmente isolado e sozinho. Apesar de seus melhores esforços para me animar, eu sempre me sinto sozinho, mesmo quando vocês estão próximos de mim e não se sintam culpados.”

9. “Eu não sou preguiçoso, não estou querendo incomodá-los quando não quero ir a algum lugar ou cancelo planos que fizemos. Há dias que eu simplesmente não consigo fazer nada”.

10. “Fico com medo de dizer às pessoas que as evito quando as coisas ficam difíceis, e é nesse momento em que eu mais preciso delas. No entanto, também tenho medo de ser julgado por não pedir ajuda. É um ciclo aterrorizante e solitário.”

11. “O meu distanciamento não é culpa sua. Estou constantemente paranoica quando estou com vocês, mesmo sabendo que não deveria. Fico aterrorizado só de imaginar em dizer algo errado ou decepcioná-los. À noite eu irei elaborar cenários pessimistas na minha cabeça que envolvem pensamentos como: ”Eles vão dizer que me odeiam e como gostariam de não ser mais meus amigos. “

12. “Tenho medo que ninguém goste de mim, que todo mundo que eu conheço está mentindo para mim e apenas esperando o momento certo para se voltar contra mim… Sinto que a qualquer momento eu vou ficar sozinho, sem ninguém… Eu não sei ser alguém sem outras pessoas”.

13. “Eu já me sinto como um fardo enorme e não quero acrescentar você nisso. E, honestamente, 90 por cento do tempo eu não sei explicar por que estou ansioso. Então prefiro não dizer nada e passar por isso sozinho”.

14. “Eu não estou tentando ignorá-lo quando não respondo de volta. É difícil para mim ter conversas via texto. Receio que minhas palavras sejam mal interpretadas e você me deixe.”

15. “Não importa quanto tempo eu conheça você, quantas vezes eu estive em sua casa ou quantas pessoas eu conheci com você, eu ainda vou ter ataques de ansiedade quando algo mudar ou alguém novo se aproximar. Apenas deixe-me com meus sentimentos e esteja lá para segurar minha mão, me ajude ou me desculpe pelos meus pensamentos irracionais. Por favor, não me deixe sozinho”.

16. “Tenho medo de dizer-lhes algumas das coisas que me incomodam.”

17. “Eu nem sempre quero falar. Adoro conversar com vocês, mas às vezes eu quero estar sozinho. Eu me sinto claustrofóbico quando sinto que devo fazer alguma coisa”.

18. “Não, eu não estava no trabalho. Eu não pude ir ao seu evento ou sair naquela noite porque eu não consegui superar o medo de sair de casa. Eu não consegui parar de pensar sobre quem poderia estar lá, quem poderia não estar, com quem eu poderia conversar… Eu simplesmente não consegui. Você ainda é meu amigo e eu não te considero menos. Eu simplesmente não consegui. Sinto muito”.

19. “Estou sempre pensando sobre tudo o que vou fazer e dizer na companhia de outras pessoas. É por isso que fico quieto”.

20. “Não importa quantas vezes eu diga que estou bem ou que nada está errado, por favor, se você achar que algo estiver errado, não ignore o seu palpite. Pergunte-me sobre. Você pode até ter que me perguntar sobre isso várias vezes. Eu posso só estar com medo de que você não se importe ou de que eu esteja tomando o seu tempo”.

Fonte: The Mighty traduzido e adaptado por Psiconlinews

About the Author Psiconlinebrasil

Tudo sobre psicologia e comportamento.

follow me on: