Psiconlinews
Shares

Irmãos tóxicos: 10 tipos de conflitos com irmãos problemáticos

Shares

Sabe-se que a família é extremamente importante em nossas vidas. É um agente de socialização essencial para o nosso desenvolvimento. De fato, em nossos primeiros anos, a família é vital para a sobrevivência, porque os seres humanos precisam da ajuda de adultos ao longo de um período relativamente longo de tempo.





Além disso, o seu significado não termina aí; o papel dos pais é essencial para crescermos saudáveis e preparados para enfrentar os problemas que surgirem ao longo de nossas vidas, mesmo quando já estivermos crescidos.

Mas os pais não são a única figura familiar importante para nós; quando presentes, os irmãos também tendem a estar lá nos bons e maus momentos. No entanto, há ocasiões em que esta relação fraterna pode se tornar tóxica. Neste artigo, vamos discutir os conflitos latentes que podem surgir entre irmãos, e o conceito de “irmãos tóxicos”.

Um irmão é um amigo dado pela vida





Os irmãos não só partilham os nossos genes, cultura, educação ou classe social, também também compartilham a grande maioria das experiências que aconteceram em família.

É claro que cada pessoa é única e tem sua própria personalidade. Dois irmãos criados sob o mesmo teto podem desenvolver formas de comportamento diferentes, mesmo que ambos compartilhem as mesmas memórias e experiências.

Irmãos são pessoas a quem você confia, que raramente te darão as costas. Eles podem se tornar nossos melhores amigos. Como afirmado pelo poeta e escritor francês, Ernest Legouve, “Um irmão é um amigo dado pela vida.”

Quando o relacionamento entre irmãos não é bom

Relações fraternas também pode ser complicadas. Quando pequeno, as brigas podem ser freqüentes, e depois de adultos, alguns irmãos pode acabar mal, por várias razões, por exemplo, financeiramente. Relações complicadas entre irmãos podem se tornar muito intensas e criar situações em que a hostilidade, a rivalidade, a competição, a inveja e, por vezes, o ódio pode se manifestar.

Quando um irmão pensa que é tratado de forma diferente pelos pais, quando ele pensa que é a ovelha negra da família ou quando recebe uma herança compartilhada e não tem a mesma opinião que o outro irmão sobre o que fazer com a propriedade herdada, a batalha pode ser muito destrutiva.

As razões para os conflitos gerados entre irmãos





Quer na infância ou na idade adulta, há muitas razões que causam essas disputas fraternas. Abaixo você pode encontrar uma lista de razões pelas quais os irmãos têm relacionamentos tóxicos:

1. Razões econômicas

Na idade adulta, pode acontecer que os irmãos não se falem mais por várias razões econômicas. Alguns irmãos brigam porque compartilham um negócio, e quando chegam os problemas de liquidez, a relação é afetada. Outros, no entanto, brigam por riqueza (especialmente por herança). Razões econômicas são uma fonte freqüente de desagregação familiar se você não souber como gerir estes conflitos.

2. Busca de atenção

Em idade precoce, pode acontecer que os irmãos briguem constantemente porque procuram a atenção dos pais. Geralmente, as birras não costumam ir mais além, mas em outros momentos, a relação pode se tornar controversa, uma vez que o acúmulo de conflitos pode levar a grandes conflitos.

3. As comparações dos pais

Às vezes, são os pais que geram crianças inseguras. As crianças, de alguma forma ou de outra, procurarão a atenção dos mais velhos para se sentirem queridas. Talvez uma das crianças seja muito boa na escola, porque sempre tira notas boas nas matérias ensinadas. Em contraste, a outra criança pode ter um talento diverso, por exemplo, em desenho ou na dança.

Este último irmão precisará de pais amorosos para desenvolver essa paixão, mas, como muitas vezes acontece, alguns pais consideram apenas as notas escolares ao avaliar o sucesso de uma criança. Essa criança pode sentir-se muito frustrada, o que pode causar alguma rivalidade com seu outro irmão e se sentir desprezado.

4. Um tratamento parental desigual

As comparações entre os irmãos não são boas, mas também não é positivo dar um tratamento desigual para eles. Isso pode acontecer, por exemplo, nas roupas que os pais compram, na quantidade de dinheiro que dá para cada filho se divertir ou até mesmo na quantidade de sinais de amor (abraçar, beijar, etc.) que os pais compartilham. As crianças são especialmente sensíveis a este tipo de comportamento por parte dos pais, portanto, é preciso ter cuidado para não tratar uma criança melhor do que outra.

5. Diferença de idade

Parece que a diferença de idade pode determinar alguns conflitos. Uma pesquisa mostrou que crianças que têm menos de dois anos de diferença, muitas vezes apresentam mais conflitos do que as crianças com uma diferença maior de idade.

O irmão mais velho, tende a ser mais amoroso e compreensivo com o mais novo. Se o irmão mais velho tiver bastante diferença de idade, irá conseguir entender algumas razões do comportamento do seu irmão mais novo.

6. O estágio de desenvolvimento

O estágio de desenvolvimento também pode influenciar na geração de conflitos. Por exemplo, pode ser que os irmãos tivessem uma boa relação na idade escolar, mas a mudança para o colégio mudou a relação. Talvez o irmão mais velho passe a renegar alguma relação com seu irmão mais novo. O irmão mais novo, neste caso, pode procurar a atenção do irmão mais velho através de disputas.

7. Pertences pessoais

Outro motivo que provoca brigas entre irmãos é quando alguém pega os pertences pessoais do outro. Em idade precoce o objeto pode ser um brinquedo, mas na adolescência é uma peça de roupa, por exemplo. Isso pode levar a conflitos, especialmente se o objeto que você pegar emprestado sem avisar for danificado .

8. Diferentes personalidades

Todos nós temos diferentes personalidades e interesses, e isso pode gerar muitos conflitos. Algumas pessoas se irritam com mais facilidade do que outros, alguns são introvertidos, outros extrovertidos, etc. O choque de personalidades pode causar disputas graves nas relações fraternas.

9. Habilidades sociais deficientes

Se em alguns casos é a personalidade que causa os conflitos, em outros é a falta de habilidades sociais. Os conflitos podem surgir em qualquer relação interpessoal, mas uma boa compreensão sobre as habilidades sociais pode ajudar para que o conflito seja resolvido corretamente . Caso contrário, você pode até mesmo acabar piorando as coisas.

A capacidade de resolver seus próprios problemas e conflitos, empatia ou a capacidade de negociar e discutir, entre outros, são fatores que influenciam na forma como os problemas familiares são resolvidos. Aqui os pais têm muito a dizer.

10. O ciúme e a inveja

Ciúme e inveja podem ser fontes de conflito nas relações entre irmãos de qualquer idade. Às vezes, é a insegurança de alguns dos irmãos que causa esta situação, porque ele pode sentir uma enorme sensação de frustração quando seu irmão tem um emprego melhor ou um cônjuge espetacular.

About the Author Psiconlinebrasil

Tudo sobre psicologia e comportamento.

follow me on: