Psiconlinews
Shares

8 maneiras pelas quais um pai INFIEL afeta negativamente seus FILHOS

Shares

Quando o tópico ”infidelidade” é tocado, o casal geralmente é designado como a entidade que sofre mais, e o sofrimento dos filhos derivado do que os pais estão vivendo raramente é abordado.





Se você, infelizmente, estiver vivendo uma situação de infidelidade em sua casa e tem filhos pequenos, verifique os seguintes pontos para que, na medida do possível, você consiga evitar um impacto maior.

Antes, vamos esclarecer que às vezes há infidelidades “transitórias”, que são aquelas em que o homem cai, e depois de muito esforço e lágrimas consegue recuperar a confiança de sua esposa e família; mas há outros em que a infidelidade significa que o marido mantém um relacionamento alternativo com sua família, mesmo que seja dito que ele tem “duas famílias” ao mesmo tempo. Os protagonistas dessas histórias devem novamente ter em conta as crianças, pois são elas, queiramos ou não, quem saem mais feridas. Vejamos os oito pontos a considerar na segunda situação:

1. Ausência nos encontros familiares





Um homem que corteja outra mulher, ou que já possui uma relação extraconjugal, exige tempo para estar presente em duas vidas. E geralmente, o que ele faz em tal situação é “roubar o tempo” do relacionamento antigo para dedicá-lo ao “novo”. Portanto, em uma festa de aniversário para um de seus filhos, por exemplo, em algum momento ele desaparecerá como mágica e não retornará até a festa terminar.

Os homens que estão “caçando” esquecem facilmente seus filhos. Uma esposa que percebe as escapadas conclui que algo está acontecendo, mas um filho pode acreditar que não é muito importante para seu pai.

2. Não aborda os assuntos escolares das crianças

A mesma história: se já é complicado conseguir uma licença de trabalho, se isso acontecer é quase certo que ele “aproveitará” isso para algo mais emocionante.

3. Não sobra dinheiro para diversão em família

E como poderia se há outra pessoa que precisa receber presentes caros? Quando você não tem o controle do dinheiro, é muito fácil desviar recursos para outra pessoa e tirá-lo das crianças e suas necessidades, porque eles pensam equivocadamente “que são crianças e não percebem nada”.

4. Ele mente para você





Um amigo me disse que quando era pequeno, seu pai levou ele e seu irmão para tomar um sorvete. Naquele lugar, ele os apresentou a outras crianças mais pequenas e a uma dama. Ele contou que brincaram e tiveram uma tarde muito agradável, mas antes de chegarem em casa, seu pai aos ameaçou para que não dissessem nada à sua mãe sobre as crianças e a outra mulher. A partir desse momento ele teve muito medo de seu pai e não explicou exatamente o porquê.

Foram visitas longas ao psicólogo para que ele pudesse entender a situação que ele tinha vivido: seu pai os havia apresentado à outra família, que ele continuava alternando com a dele. Quando seu pai morreu, ele e seu irmão partiram em busca desses outros irmãos e os encontraram: agora homens com grande ressentimento por viverem sempre em comparação com as crianças mais velhas do casamento legítimo, crianças cheias de rancor, com lacunas tempo e atenção que seu pai nunca lhes deu. Homens infiéis mentem, ensinam e até forçam seus filhos a mentir também.

5. Você pode ficar confuso

A situação que mencionei no ponto anterior ocorre em muitas outras famílias, e confundem muito as crianças. Um homem infiel pensou que seria uma boa ideia acostumar o seu filho com a companhia da mulher com quem tinha um caso e o levava com ele para visitá-la. Ele não apenas o forçou a chamá-la de “mãe”, mas também o deixava sozinho assistindo televisão na sala enquanto se divertia com ela no quarto.

A criança ouvia tudo e tirava suas próprias conclusões sem que ninguém o ajudasse a processar o que estava acontecendo. É triste dimensionar o ressentimento que isso gerou no coração da criança por anos, porque ele chegou a acreditar que sua mãe era com quem seu pai se divertia e não a mulher com quem ele batalhava todos os dias em casa. A confusão de não saber de qual mãe era filho chegou ao ponto de se tornar uma grande depressão que destruiu completamente sua vida.

6. Dá um exemplo inapropriado

Um pai infiel pode acreditar que seus filhos entenderão que ter “várias mulheres” é normal e pode até iniciá-los em atitudes degradantes, como pornografia e adultério. Acontece, mesmo que você não acredite.

7. Mudanças de humor constantes

Qual pessoa, cujo coração e mente estão divididos, pode ter paz e estabilidade? Alguém que vive uma vida dupla tem mudanças de humor freqüentes. Além disso, as crianças são os repositórios de suas frustrações e raiva. Essas reações de muito amor e, depois, de distanciamento, rejeição ou falta de interesse confundem e prejudicam os pequeninos. Fique atento.

8. Não ama sua mãe

Talvez essa seja a maior tristeza que uma criança pode receber de seu pai: ver que ele não ama sua mãe. Quando uma criança vê que o pai a abusa, a viola, a denegri em comparação com outra, é catastrófica no coração e na mente dessa criança. Se a infidelidade estiver perto de você, fale e tome decisões que o levarão a cuidar da coisa mais valiosa que você tem: seus filhos.

About the Author Psiconlinebrasil

Tudo sobre psicologia e comportamento.

follow me on: