Psiconlinews
Shares

Category Archives for Psicanálise

O Id, o ego e o superego segundo Sigmund Freud

Shares

De todas as teorias desenvolvidas por Freud, a teoria do Ego é uma das mais famosas. Segundo um enfoque psicodinâmico, cada uma destas estruturas representam uma condição psíquica que nos leva a buscar interesses que se chocam entre si. O Id, o Ego e o Superego são conceitos que Freud utilizou para explicar este conflito. É uma luta de […]

Continuar leitura

Os arquétipos, segundo Carl Gustav Jung

Shares

Os primeiros psicanalistas buscavam retratar os mecanismos pelos quais o inconsciente afeta a nossa maneira de pensar e agir. Estas explicações tentavam elucidar a natureza de certos transtornos mentais. O conceito de arquétipos, do jeito que conhecemos hoje, surgiu em 1919 com o suíço Carl Gustav Jung, discípulo de Freud. Carl Gustav Jung aprofundou suas pesquisas […]

Continuar leitura

Hipnose como terapia e cura?

Shares

Em plena tarde de um domingo qualquer, acabei participando de uma palestra vivencial, onde as pessoas puderam assistir na prática o funcionamento da hipnose, através de demonstrações com os próprios participantes do evento. Eu já havia me deixado hipnotizar em duas ocasiões distintas e também por diferentes terapeutas. E em nenhuma das duas experiências eu […]

Continuar leitura

O vício de Sigmund Freud em cocaína

Shares

A cocaína se tornou uma droga comumente consumida na década de setenta, especialmente no ambiente da vida noturna. No entanto, esta droga já era conhecida há muito tempo. O pai da psicanálise, Sigmund Freud, a consumia frequentemente. Toda vez que ia para uma festa, vestia suas melhores roupas e cheirava alguns gramas para “soltar a […]

Continuar leitura

Magnetismo animal: A origem da hipnose

Shares

Quantas vezes você ficou tão fascinado por algo a ponto de praticamente ter toda a sua atenção capturada, como se estivesse em transe? A origem da hipnose remonta a um médico austríaco do século XVIII chamado Anton Mesmer (1734-1815). Ele estabeleceu uma teoria das doenças que envolvia forças magnéticas internas, as quais ele chamou de […]

Continuar leitura

A importância da verbalização dos desejos para a psicanálise

Shares

“O que você deseja?” – Perguntaria Lacan. Conversando com professores da faculdade de Direito, dialogando em busca de uma dialética a respeito da importância do desejo para Psicanálise. Enquanto alguns desejos, vistos sob uma perspectiva exclusivamente jurídica, seriam execráveis e até ilegais se manifestos socialmente, por outro lado, para a Psicanálise seriam apenas importantes ferramentas […]

Continuar leitura

A formação do caráter

Shares

Você já deve ter ouvido alguém chamar uma outra pessoa de mau caráter. Já deve até mesmo ter considerado alguém como bom ou mau caráter. Mas afinal, o que é caráter? Como ele se forma? Os dicionários também tendem a considerar o caráter como uma forma de julgamento moral. Veja: Caráter: Conjunto de traços morais, […]

Continuar leitura

A Psicanálise está em decadência?

Shares

Seja como estudante de psicologia, entusiasta do assunto ou apenas por acaso, ouvimos de tempos em tempos algum texto ou reportagem sobre um suposto declínio da Psicanálise, entretanto suas características, na minha humilde opinião, são atemporais apesar de confundidas com um suposto e equivocado anacronismo por fazerem parte de um conteúdo basal e histórico elucidativo […]

Continuar leitura

Entender a transitoriedade para superar as perdas

Shares

Para simplificar as escolhas que se fazem sobre a transitoriedade de tudo na vida, há quem escolhe fugir e quem escolhe ficar, há aqueles que se preocupam demais e aqueles se preocupam de menos, uns que vivem na ilusão de controlar tudo ao redor e outros que vivem como se fossem eternos. Nenhum dos extremos […]

Continuar leitura

Em que consiste a histeria?

Shares

A palavra “histeria” é derivada da palavra grega hystera,que significa matriz, útero. Segundo Roudinesco (1998), sua originalidade reside no fato de que os conflitos psíquicos se exprimem de maneira teatral e sob a forma de simbolizações, apresentando sintomas corporais momentâneos ou duradouros. A histeria possuía uma característica predominantemente feminina desde a antiguidade. Na idade média, […]

Continuar leitura