O que é Terapia Cognitiva Comportamental?

Shares

terapia cognitiva comportamental - img 55d28414c4a6c - O que é Terapia Cognitiva Comportamental?

A terapia cognitiva comportamental é uma abordagem psicoterapêutica que se fundamenta no princípio de que as emoções e o comportamento de um indivíduo estão diretamente ligados à forma como este avalia suas experiências no mundo. Tem seu foco nos pensamentos, crenças, sentimentos e vivências, como sustentação do comportamento disfuncional.





Ou seja, o modo como as pessoas interpretam as situações será determinante para a forma como ela irá se sentir e como irá se comportar, pois a origem e a função do processamento de informação e dos acontecimentos da vida são primordiais para a compreensão da ação mal adaptada. Essa forma de terapia é uma metodologia estruturada que atua nos aspectos da vida presente do indivíduo e utiliza técnicas que procuram modificar os padrões de pensamentos e crenças disfuncionais que podem causar e manter o sofrimento emocional ou problemas psicológicos. Para os terapeutas cognitivos mais importante do que a situação real é a forma como o indivíduo a interpreta.
A relação entre paciente e terapeuta deve ser verdadeiramente baseada pela empatia e colaboração mútua, o que inclui uma postura de respeito, interesse e compreensão dos problemas trazidos pelo paciente. Busca-se, a partir dessa relação, uma participação ativa do paciente e do terapeuta na resolução dos problemas por meio de metas voltadas para o presente e para modificação de pensamentos e crenças desadaptativas. A eficácia da relação terapêutica depende, em grande parte, da capacidade do paciente de vivenciar e manifestar os seus próprios sentimentos durante a sessão.





Na maioria dos casos, as crenças não são conhecidas, mas são capazes de influenciar a percepção sobre a vida através de pensamentos automáticos relativos á uma determinada situação. Os pensamentos automáticos negativos se originam de uma distorção cognitiva e estão sempre relacionados com as crenças. A partir daí desenvolvem-se estratégias compensatórias que visam aliviar os pensamentos e emoções negativas da crença básica, que nem sempre auxiliam a pessoa a enfrentar a situação adequadamente. O terapeuta cognitivo auxilia o paciente a formular idéias e crenças sobre si, sobre essas experiências e sobre seu futuro que sejam mais adaptativas e que proporcione ao paciente enfrentar suas dificuldades, testando a validade dessas hipóteses em seu contexto e estabelecendo alternativas psicologicamente mais saudáveis.
Inúmeras técnicas podem ser utilizadas na terapia cognitiva que possuem como objetivo definir e testar, as falsas concepções distorcidas do paciente. Aquele que se submete á terapia é instruído sobre seu problema e sobre a terapia através de uma psico-educação para que ao final do processo se torne o seu próprio terapeuta. A pesquisa e a prática clínica mostraram que as terapias cognitivas são efetivas na redução de sintomas e taxas de recorrência em uma diversidade de transtornos psiquiátricos.

About the Author Lilian S. N. Vidal

Especialista em Psicologia Clínica e Terapia Cognitivo Comportamental. Se interessa profundamente pelo ser humano e adora a vida como ela é, apesar dos altos e baixos. Curiosa gosta de aprender coisas novas e de admirar o que já sabe. Não se importa de ser uma metamorfose ambulante se for para sair do casulo e voar.

follow me on:

Leave a Comment:

3 comments
Add Your Reply