Você está na profissão certa?

Shares

profissão - trabalho estresse emprego escritorio tedio empresa escritorio 1340382469153 615x300 - Você está na profissão certa?

“Em vez de ficar torcendo para chegar o feriado ou um final de semana, porque você não arranja uma vida da qual você não precise fugir?” (Maira Rahme)





Todo mundo já se questionou na infância e adolescência sobre “O que você vai ser quando crescer?”. Ao nos apresentarmos, com frequência nos resumimos a falarmos sobre a própria profissão. Contudo, a vida não se esgota ou se define no momento em que estamos em uma carreira. Muito dos nossos esforços e momentos são priorizados para que possamos alcançar um objetivo tão almejado e sucesso monetário.

Com correria do dia a dia, os problemas vão se acumulando a ponto de parecer impossível não se estressar. Entretanto, é essencial não deixar de cuidar de outros aspectos da vida, acarretando o distanciamento dos amigos e familiares, bem como o esquecimento do mais importante nós mesmos, o cuidado com a saúde e o lazer. O esforço aumenta cada vez mais, na tentativa de dar conta de todas as exigências, mas isso gera mais gasto de energia e desgaste. O corpo nos avisa para diminuir o ritmo, através de esquecimentos, por exemplo, tentando passar a mensagem de que estamos ultrapassando nossos limites.





Se a pessoa continuar a se esforçar duramente, fica difícil curtir os momentos de tranquilidade e diversão, pois o cansaço e a ansiedade se tornam mais evidentes. Se nenhum destes alertas forem suficientes e levados em consideração, o preço a se pagar pode ser tão árduo quanto, assim surgem os transtornos: depressivo, de ansiedade, insônia, dores de cabeça, doenças estomacais ou intestinais e até problemas cardíacos. Infelizmente, é difícil perceber a saída para esse processo exaustivo, já que é realizado a um longo período.

Antes que as doenças comecem a aparecer ou se agravem, é importante pensar sobre como você está sobrecarregado. Repensar o caminho que se está percorrendo, qual o objetivo a ser alcançado, ele vale a pena? O que você está perdendo? O que você está priorizando? O que está deixando de lado?
É imprescindível que se possa fazer do ofício uma fonte de inspiração e alegria. Não apenas de desgaste e estresse. E se não for esse emprego específico, essa determinada carreira que fará com que você se sinta feliz e realizado, há tempo de mudar, de recomeçar e nunca é tarde para isso. É preciso romper com o medo da realizar, do sucesso, fracasso, julgamento, de não dar conta e sentir dificuldade. Assim a vontade de realizar é sufocada, na espera que esses temores sumam, mas podemos esperar?
O que falta para você agir? Temos crenças inconscientes, bloqueios que precisam ser reconhecidos e trabalhados. Assim poderemos investir uma força maior no planejamento e no sonho, identificar as dificuldades e alterar as práticas. Lembrar-se da vontade dos sonhos que fizeram você começar, com aquele “friozinho na barriga” de um apaixonado. O que você precisa fazer para voltar a se sentir assim? Mudar é difícil, mas não impossível. Não quer dizer que você fracassou, mas que pode ter sucesso de outras formas, com outras prioridades.

About the Author Camila Prado

Oi, prazer! Sou Camila Prado, psicóloga, escrevo para o site como é pra você. Meu objetivo é contribuir para que você seja emocionalmente mais saudável, se sentir melhor consigo e resgatar sua autoconfiança; através do autoconhecimento e o desenvolvimento de novas formas de encarar e vencer os desafios.

follow me on:

Leave a Comment: