6 sinais de comportamento suicida sob a perspectiva de uma sobrevivente

Shares

comportamento suicida - suicida - 6 sinais de comportamento suicida sob a perspectiva de uma sobrevivente

Está cada vez mais notório a exposição de ocorrências suicidas espalhadas pelo mundo todo. O desafio da baleia azul desmascarou uma triste realidade: a existência de inúmeros jovens que precisam de ajuda psicológica.





Quando o assunto é suicídio, há diversas discordâncias e críticas, contudo o que muitos desconhecem é que a dor sufocante que leva um indivíduo cometer um ato cruel contra a própria vida, esconde histórias e experiências desgastantes. Esconde sofrimento e tristeza profunda acumulados em uma quantidade tão relevante, capaz de causar estragos emocionais gravíssimos e gerar doenças psicológicas como a Depressão.

Nesse contexto, chegamos a uma grande dúvida: será possível prevenir o suicídio?





O principal problema da sociedade é ver uma situação, mas não enxergá-la de fato. E em vista disso, muitas vezes, os sinais negativos no comportamento suicida ganham destaque apenas quando a vítima já atentou contra a própria vida, ou seja, no instante em que nada mais pode ser feito. Em prol desse cenário desconcertante, o presente artigo irá expor os 6 comportamentos mais frequentes de um provável suicida, sob a perspectiva de alguém que sobreviveu de uma tentativa de suicídio. Espero que essa leitura sirva de alerta à todos. Um grande abraço.

Sinais de comportamentos suicidas:

1. Mudança brusca de comportamento: Quando um indivíduo apresenta problemas emocionais graves, consequentemente altera a forma como se comporta, mesmo que inconscientemente. Se a pessoa gosta de conversar muito, começa a ficar mais retraída; se gosta de sair para passear, começa a ficar mais caseira e assim por diante. Qualquer alteração sem nenhum motivo aparente serve como sinal de alerta.

2. Isolamento: Em boa parte dos casos, o indivíduo que planeja suicídio tende a se afastar de todos aqueles que são mais próximos a ele, como forma de prevenir que essas pessoas desconfiem de que algo está errado. Portanto, observe os seus melhores amigos, um afastamento repentino e sem motivo aparente pode ser mais um sinal de alerta.

3. Falta de interesse: Observe a rotina do indivíduo, bem como as coisas que ele fazia e se dedicava. Quando o suicídio é planejado, nada disso importa mais. Não há mais planos futuros, porque na mente de um provável suicida, não haverá mais futuro.





4. Inquietude: Esse indício é mais comum nos jovens. Se o indivíduo foge de casa sem nenhuma justificativa concreta, ou se o mesmo apresenta grande desconforto com relação a sua vida atual e tenta mudar de qualquer maneira, isso pode indicar um alerta de problemas emocionais e psicológicos.

5. Mudanças nos hábitos alimentares: Observe. O excesso ou a falta de apetite indicam claramente a existência de algum problema. Na Depressão é muito comum a alteração nos hábitos alimentares, visto que a ansiedade também pode se fazer presente. Desse modo, o indivíduo passa a comer muito ou a perder o apetite.

6. Insônia: Estudos comprovam que distúrbios no sono podem indicar problemas emocionais e psicológicos graves. O excesso de sono também é um alerta. Passar o dia todo dormindo e só despertar para fazer as necessidades, se alimentar e voltar a dormir são sinais de Depressão maior. Entretanto, quando se trata de planejar o suicídio, geralmente a insônia se faz presente. Observe se a pessoa está passando muitas horas acordada, principalmente de madrugada. Fique alerta!

Essas dicas de sinais de comportamento suicida devem ser delicadamente observadas e estudadas, principalmente no caso de pessoas que sofrem de Depressão. Se você convive com um indivíduo que sofre com a doença, fique alerta 24 horas por dia. Detalhes mínimos podem salvar a vida dele, visto que o mesmo pode tentar esconder o que está planejando.

Em grande parte dos relatos, pessoas com Depressão reclamam muito da vida e dá indícios de que gostariam de interromper suas vidas. Desconfie quando elas se calarem. O mar calmo pode ser indício de que uma tempestade se aproxima.

About the Author Carolina Santos

Sou formada em Administração pela UFPE e apaixonada por Psicologia. Lido com a Depressão desde sete anos de idade. Sou apaixonada por leitura e escrita. E meu maior sonho é poder ajudar as pessoas através das minhas experiências de vida. Participem do meu grupo no Facebook: https://www.facebook.com/groups/1969510996617235/ Lá eu interajo mais com vocês sobre a Depressão Abraço :*

follow me on:

Leave a Comment:

2 comments
Add Your Reply