Psiconlinews
Shares

Nomofobia e Transtorno Obsessivo Compulsivo de checagem seriam o mesmo distúrbio?

nomofobia - nomofobia 1024x576 - Nomofobia e Transtorno Obsessivo Compulsivo de checagem seriam o mesmo distúrbio?

Por Soraya Rodrigues de Aragão

Não é nenhuma novidade que o problema da internet não se limita somente à busca de autoafirmação e de compensações que não conseguimos administrar na vida real.






Esta perpassa também as dinâmicas relacionais que geralmente são superficiais via internet, visto que estes “vínculos” afetivo-emocionais, projetam idealizações e fantasias, repercutindo nas reais significações que estas possam ter e abranger.

A internet viabilizou muito a nossa vida, tornando-a mais prática, otimizando o nosso tempo, mas se usada de forma negativa, de maneira não conscientizada, esta também é propiciadora de distúrbios como a Nomofobia.





A Nomofobia é um Transtorno do controle dos impulsos, é uma compulsão, é o medo irracional de permanecer desconectado do mundo virtual, causando dependência e como sendo um vício é de se esperar que cause muitas repercussões negativas nas relações interpessoais (principalmente as familiares) e de desempenho, sejam acadêmicas ou lavorativas. Não menos importante corroborar a miríade sintomatológica da Síndrome de Abstinência que esta acarreta e que são praticamente as mesmas dos Transtornos de Ansiedade: sudorese, taquicardia, insonia, irritabilidade, preocupação constante (no caso da Nomofobia, de permanecer desconectado), tensão muscular, insegurança, angústia, dentre outros.

Em outras palavras, não é à toa que a Nomofobia está muito relacionada aos Transtornos de Ansiedade, bem como aos quadros depressivos, seja porque estes quadros psicopatológicos já eram preexistentes, sendo a Nomofobia uma comorbidade, ou porque o próprio vicio nestas ferramentas tecnológicas proporcionaram o desenvolvimento dos Transtornos de Ansiedade ou a Depressão.

Contudo, tenho observado em minha prática clinica que a Nomofobia apresenta uma extrema semelhança com o Transtorno Obsessivo Compulsivo (na modalidade de verificação ou checagem).

Vejamos estas semelhanças:





1- Na Nomofobia existe uma obsessão, uma vontade recorrente em estar na internet, nos jogos e nos chats, bem como uma compulsão para a checagem de emails e para verificação de likes e compartilhamentos;

2- No Transtorno Obsessivo Compulsivo, o diagnóstico é realizado exatamente pela presença de obsessões e compulsões ou a modalidade mista destes dois elementos;

3- Na Nomofobia, a compulsão na checagem de emails e de mensagens, por exemplo, aliviam temporariamente a ansiedade causada pelo pensamento obsessivo da verificação destes emails ou mensagens;

4- No Transtorno Obsessivo Compulsivo, temos o mesmo ritual de conferência muito significativo, onde algo precisa ser checado várias vezes, causando muito sofrimento psíquico;

5- Ambas as psicopatologias afetam todas as áreas da vida do indivíduo, ocasionando sofrimento;

E então, Nomofobia e Transtorno Obsessivo Compulsivo de checagem se tratariam do mesmo distúrbio?

Existe uma distinção bastante sutil entre as verificações na Nomofobia e no TOC na modalidade de checagem. Neste último, por mais que se verifique se a porta da casa ou do carro foi fechada, ou que se desligou o ferro de engomar ou as luzes da casa, a pessoa não se convence deste fato, retornando inúmeras vezes para checar. No caso da Nomofobia, apesar do indivíduo verificar várias vezes os emails, as mensagens, as notificações, ele está convencido de que o email ou a mensagem chegou ou não, mas não consegue deixar de verificar constantemente por se tratar de um vício.

About the Author Soraya Rodrigues de Aragão

Soraya Rodrigues de Aragão é psicóloga, psicotraumatologista, escritora e palestrante. Realizou seus estudos acadêmicos na Unifor e Università di Roma. Equivalência do curso de Psicologia na Itália resultando em Mestrado. Especializou-se em Psicotraumatologia pela A.R.P. de Milão. Especializanda em Medicina Psicossomática e Psicologia da Saúde - Universidad San Jorge (Madri) e Sociedad Española de Medicina Psicosomática y Psicoterapia. Sócia da Sociedade Italiana de Neuropsicofarmacologia e membro da Sociedade Italiana de Neuropsicologia. Autora do livro Fechamento de Ciclo e Renascimento: este é o momento de renovar a sua vida. Edições Vieira da Silva, Lisboa, 2016; e do Livro Digital: "Transtorno do Pânico: Sintomatologia, Diagnóstico, Tratamento, Prevenção e Psicoeducação. É autora do projeto «Consultoria Estratégica em Avaliação Emocional». Sites: www.sorayapsicologa.com & www.alquimiadavida.org

follow me on:

Leave a Comment: